Hospitais da Fundação Padre Albino somam mais de 106 mil atendimentos de reabilitação e fisioterapia em 2021

Compartilhe:

Os hospitais Padre Albino e Emílio Carlos possuem Serviço de Reabilitação Física com profissionais atuando diretamente no tratamento fisioterapêutico de pacientes ambulatoriais e internados em enfermarias, unidades de terapia intensiva adulta, neonatal e infantil, além da Unidade de Queimados, para prevenir complicações respiratórias e motoras que ocorrem pelo processo de internação, beneficiando pacientes de Catanduva e 18 municípios da região.

Nos ambulatórios do Hospital Emílio Carlos o atendimento pelo Sistema Único de Saúde somou 99,9% da demanda

Com base nos dados contidos no Relatório Anual de Atividades da Fundação Padre Albino, somente no ano passado foram 106.708 atendimentos. No Hospital Padre Albino, onde se concentram os atendimentos aos pacientes internados, foram realizadas entre janeiro e dezembro do ano passado 47.161 atendimentos de fisioterapia, 83% realizados via SUS. No Hospital Emílio Carlos está a maior demanda do Serviço de reabilitação e fisioterapia, com 59.547 atendimentos divididos entre os ambulatórios, pacientes encaminhados e internados nas unidades. Nos ambulatórios o atendimento pelo Sistema Único de Saúde somou 99,9% da demanda, enquanto que para pacientes internados o total foi 87,5%.

Segundo a coordenadora do Serviço de Reabilitação da Fundação Padre Albino, Keity Emiliene Guim, o trabalho desenvolvido pelo setor prima pela segurança e humanização. “O Serviço de Fisioterapia da Fundação Padre Albino é especializado no cuidado aos pacientes com indicação de intervenção fisioterapêutica, seguindo os protocolos de atendimento, condutas padronizadas baseadas nas evidências científicas atuais”, explica Keity, que ressalta a importância do trabalho observando alta hospitalar precoce para pacientes que receberam a assistência fisioterapêutica.

Foto: Comunicação FPA

Compartilhe:

Post Author: Sonia