Expectativa de crescimento de receita sobe no Noroeste Paulista

Compartilhe:

Pesquisa de Clima Empresarial LIDE Noroeste Paulista mostra que 64,37% dos entrevistados esperam crescimento maior neste ano em relação ao ano passado

Os empresários do Noroeste Paulista estão confiantes no aumento de receitas para 2021. Na 3ª Pesquisa de Clima Empresarial LIDE Noroeste Paulista, realizada entre 18 e 24 de maio de 2021 com 87 empresários (sócios, CEO e alta direção) da região, 64,37% disseram que as receitas de suas empresas neste ano serão superiores na comparação com 2020.

O índice segue a tendência da última pesquisa, feita em dezembro de 2020, quando 66,25% dos participantes indicaram que as empresas estavam com receitas maiores do que em 2019, mesmo com a pandemia.

Questionados sobre a situação atual dos negócios, 81,61% apontaram que as empresas estão iguais ou melhores do que no último ano.

Ainda de acordo com a pesquisa, 59,77% dos entrevistados acreditam que seus negócios serão normatizados até o final desde ano e 94,25% vão manter ou contratar novos empregados.

A vilã do crescimento

Para 48,28% dos entrevistados, a carga tributária é a principal vilã para o crescimento das empresas. Desde o início da Pesquisa de Clima Empresarial, a carga tributária é o fator mais apontado pelos entrevistados como o motivo maior que trava o crescimento dos negócios, sendo a resposta de 40% na pesquisa anterior e 38,40% no primeiro levantamento.

PIB

Em relação ao PIB (Produto Interno Bruto), 61,63% esperam um crescimento de 3% neste ano. Os dados seguem a última pesquisa quando 60% dos entrevistados também responderam que o PIB teria um aumento de 3% em 2021. Em relação a 2022, 68,90% dos participantes creem que o PIB crescerá 3%.

Saúde

A crise internacional da saúde, relacionada a pandemia de Covid-19, é o principal tema que preocupa 31,03% dos entrevistados no cenário econômico. Na sequência da pesquisa foram citados os cenários político e as reformas (tributárias, administrativas, etc) para 28,74% dos entrevistados, respectivamente.

Áreas que precisam de melhorias

Do total de empresários que responderam à pesquisa, 43,68% apontaram que a política é a principal área que precisa de melhoria no Brasil. A educação, que vinha em primeiro lugar nas primeiras pesquisas, agora aparece em segundo para 33,33% dos entrevistados.

No Noroeste Paulista, 36,78% apontaram a infraestrutura como principal tema que necessita de melhora. A educação, novamente desbancada do primeiro lugar das últimas pesquisas, ficou como segundo tema mais citado para 34,48%.

Reforma tributária e avaliações do governo

A expectativa sobre a aprovação da reforma tributária despencou em relação à última pesquisa. Se anteriormente 90% acreditavam que sairia neste ano, agora somente 23,26% mantiveram a expectativa. Para 38,37%, a aprovação da reforma tributária só acontecerá no primeiro semestre de 2022.

O governo municipal foi avaliado como bom ou ótimo por 57,48% dos entrevistados, muito próximo do último levantamento (58,75%). Em relação ao desempenho do governo estadual e federal, os dois diminuíram a avaliação como ótimo e bom, 26,44% e 28,74% de aprovação, respectivamente, sendo os menores índices desde o início da pesquisa.

Vacina

Sobre a vacinação para todos os brasileiros, 55,17% responderam que toda a população será vacinada até o final do primeiro semestre de 2022. Outros 22,99% acreditam que até o final deste ano e 21,84% dos empresários disseram que a vacina chegará para todos os brasileiros até o final do segundo semestre de 2022.

A Pesquisa de Clima Empresarial realizada pelo LIDE Noroeste Paulista tem o apoio da Didáctica e auditoria da Award Auditores Independentes.

Para acessar a pesquisa completa, basta clicar aqui.

Sobre o LIDE Noroeste Paulista

Fundado no Brasil, em 2003, o LIDE – Grupo de Líderes Empresariais é formado por líderes empresariais de corporações nacionais e internacionais, que se preocupam em sensibilizar o empresariado brasileiro para a importância de seu papel na construção de uma sociedade ética, desenvolvida e consciente. Atualmente, o Grupo conta com unidades regionais, internacionais e setoriais, totalizando 40 frentes de atuação. Presidido por Marcos Scaldelai com apoio do vice-presidente Fabricio Vaccari, o LIDE Noroeste Paulista é formado por 118 empresas filiadas no Noroeste Paulista que, juntas, faturam mais de R$30 bilhões ao ano. Além de 105 jovens empreendedores filiados ao LIDE Futuro Noroeste Paulista e 52 mulheres em posição de liderança no LIDE Mulher Noroeste Paulista

Compartilhe:

Post Author: blogdasonia