“Imagine” faz 50 anos: filme feito por John Lennon mostra seu cotidiano ao som das músicas do disco

Compartilhe:

Há 50 anos, em 1971, John Lennon lançava um álbum que marcaria para sempre a história da música: “Imagine”. Em carreira solo, e não mais como um dos Beatles, o músico compôs a canção-título, que se tornaria uma espécie de “hino da paz”, convidando os ouvintes a imaginar um mundo utópico, além de outras nove faixas.

Yoko Ono e John Lennon em “John Lennon: Imagine — O Filme” (crédito: Divulgação/Curta!On)

Junto com o disco, ele e sua esposa, Yoko Ono, dirigiram e estrelaram um longa de 70 minutos, que mostrava o cotidiano do casal na época e tinha, como trilha sonora, as canções do disco. “John Lennon: Imagine — O Filme”, disponível no Curta!On — streaming do canal Curta! no NOW/NET e em CurtaOn.com.br —, não tem narração ou enredo, apenas imagens de John e Yoko, como uma espécie de videoclipe de todo o disco.

Entre os destaques do filme, há cenas como a de John tocando “Imagine” ao piano ou vestindo um uniforme militar, para ilustrar a canção “I Don’t Wanna Be a Soldier”. Em outro momento, ele e Yoko Ono jogam sinuca, durante “How Do You Sleep?” — música feita para provocar o ex-colega de banda Paul McCartney. O casal também aparece passeando de barco em um lago, ao som de “Jealous Guy”. O filme conta com as participações especiais do guitarrista e ex-beatle George Harrison e de Fred Astaire, ator e dançarino.

 

Sobre o Grupo Curta!

O Grupo Curta! tem como missão a difusão de conteúdos audiovisuais relevantes nas áreas de artes e humanidades, sejam brasileiros ou estrangeiros, através da TV linear (canal CURTA!), de plataformas de streaming de operadoras de telecom e da internet. A curadoria de conteúdos é, portanto, o motor central do grupo e foi uma das que mais aprovaram projetos originais para financiamento da produção pelo Fundo Setorial do Audiovisual: já foram mais de 120 longas documentais e 800 episódios de 60 séries que chegam ao público em primeira mão através de suas janelas de exibição:

O canal Curta!, linear, está presente nas residências de mais de 10 milhões de assinantes de TV paga e pode ser visto nos canais 556 da NET / Claro TV, 75 da Oi TV e 664 da Vivo Fibra, além de em operadoras associadas à NeoTV; 

Curta!On, o novo clube de documentários do Curta!, no NOW da Claro/NET, conta com mais de 450 filmes e episódios de séries documentais, organizadas  por temas de interesse como Música, Artes, MetaCinema, Meio Ambiente e Sustentabilidade, Mitologia e Religião, Sociedade e Pensamento. Há também pastas especiais com novidades – que estreiam a cada mês –, conteúdos originais exclusivos, biografias, além de uma degustação para quem ainda não é assinante do serviço.

Tamanduá TV, plataforma marketplace aberta para qualquer internauta, já reúne mais de quatro mil conteúdos. O usuário pode alugar filmes e séries específicos ou assinar de forma econômica um dos pacotes que contêm conteúdos segmentados por área de interesse: CineBR, CineDocs, CineEuro, CurtaEducação (para professores e estudantes do Ensino Médio e Enem), MetaCinema (para aficcionados e estudantes de Cinema), entre outros.  Os pacotes CineBR, CineDocs e CineEuro são disponibilizados desde 2018 como serviço de valor agregado (SVA) para perto de oito milhões de assinantes de banda larga fixa (ISP) da operadora Claro, sem custo adicional. 

As atividades do Grupo Curta! também promovem a geração de royalties para produtores audiovisuais independentes, com a exploração de seus direitos audiovisuais nas diferentes janelas de streaming. O pacotes Cines da Tamandua TV e do Curta!ON estão repassando anualmente mais de R$ 1,5 milhão de reais em royalties para os produtores dos conteúdos que difunde.

Compartilhe:

Post Author: blogdasonia