Dr. Luis Pereira devolverá R$ 5.200.000,00 para o Executivo

Compartilhe:

O Chefe do Legislativo afirma que a devolução será para o pagamento dos cartões alimentação dos funcionários municipais

Na última terça-feira, 03 de setembro, durante a 107ª Sessão Ordinária, o Presidente da Câmara Municipal de Catanduva, Dr. Luis Pereira, aproveitou para esclarecer sobre diversos questionamentos que vieram por parte da imprensa e toda população.

Em um primeiro momento, o parlamentar abordou sobre a obra de reforma que garantia acessibilidade permanente nas dependências do legislativo bem como a proteção do acervo que fica localizado no subsolo.

“Devido aos inúmeros questionamentos da imprensa e de toda população que se mostraram contrário a obra que garantiria a acessibilidade permanente nas dependências da Câmara e também a proteção do acervo do Legislativo, quero apenas deixar claro que quando a gente não zela por um bem público a gente comete improbidade administrativa. Então quero dizer o seguinte, eu não quero fazer a reforma, mas ficou caracterizado que eu tentei, que era obrigação minha como presidente tentar. Portanto declaro para toda cidade de Catanduva, neste momento, que não será realizada a obra, a não ser que eu seja compelido pela promotoria”, disse Dr. Luis Pereira.

Pereira, ainda lembrou que referente a proteção do acervo,  no início do ano chegou a propor que o arquivo da Câmara Municipal fosse levado para a Estação Cultura ‘Deca Ruette’, que fica localizado na Rua Rio de Janeiro.

O Chefe do Legislativo, também informou que a compra de um carro novo para uso da Câmara, só será efetuado mediante solicitação e assinatura de todos os vereadores.

“Só vou comprar o carro se tiver a assinatura pedindo para que eu compre, fora isso não realizarei a compra”.

No decorrer da sessão, Dr. Luis Pereira também noticiou que devolverá R$ 5.200.000,00 (cinco milhões e duzentos mil reais) para que o Executivo pague os cartões alimentação dos funcionários públicos municipais.

“Neste instante, quero comunicar a toda população catanduvense, a todos os vereadores, que nenhuma obra vai ser realizada; que nenhum carro vai ser comprado, a menos que seja solicitado pelos senhores vereadores, e que a partir de agora com a austeridade e economia que tenho feito a frente do legislativo, devolverei R$ 5.200.000,00 (cinco milhões e duzentos mil reais) para o pagamento do dissídio ou do cartão alimentação dos funcionários municipais. Esta sobra será entregue à Prefeita Marta Maria do Espírito Santos Lopes e ela se comprometerá a usar para o funcionalismo. Então, a partir deste momento, funcionários públicos fiquem felizes, pois estou anunciando que se antes era R$ 4 milhões, agora serão R$ 5 milhões que serão devolvidos para que possam ser pagos os cartões no final do ano”.

Compartilhe:

Post Author: blogdasonia