Dr. Luis Pereira contrata serviços arquitetônicos para proteger o acervo do Legislativo

Compartilhe:

O presidente afirma que a adequação do prédio do Legislativo é uma necessidade antiga

No intuito de proteger o acervo, que fica localizado no subsolo da Câmara Municipal de Catanduva, de enchentes e quaisquer outros tipos de desastres naturais, o Presidente da Câmara, Dr. Luis Pereira, contratou o arquiteto, Luiz de França Roland, para elaborar o projeto de adequação do prédio da Câmara.

Segundo o parlamentar, a necessidade de se fazer a adequação do prédio é antiga.

“Como já é sabido por todos, Catanduva já passou por diversas enchentes, a qual trouxe inúmeros prejuízos a toda população, aqui na Câmara não foi diferente, pois o nosso arquivo fica localizado no subsolo e quando aconteceram as enchentes, sofremos muito com a perda de diversos documentos, o que nos levou, posteriormente, a gastar muito dinheiro para recuperá-los. A Câmara foi fundada em 1918 e possuímos documentos com data de 1919, são documentos importantíssimos, um grande acervo da nossa história, que é patrimônio de nossa cidade e de todos os catanduvenses”, destaca Dr. Luis Pereira.

De acordo com o Chefe do Legislativo, além da proteger, o projeto de ampliação também beneficiará todas as pessoas portadoras de necessidades especiais,  que sonham em poder conhecer e ter acesso ao arquivo da Câmara, e com isso, saber mais sobre a história de Catanduva, sendo uma exigência da promotoria pública, uma vez que o facilitador de acesso, recentemente construído, é uma obra temporária e provisória.

“Atualmente a Câmara Municipal possui um acesso provisório ao plenário, que pode ser usado pelas pessoas com deficiência, porém com essa obra, haverá um acesso permanente em que as pessoas com deficiência/mobilidade reduzida, poderão acessar não somente o plenário, mas também toda a Câmara Municipal. É por estes motivos que houve a contratação de um profissional para elaborar um projeto arquitetônico de ampliação da sede da Câmara Municipal, em 100 m²”.

Dr. Luis Pereira acrescenta, que o arquiteto, Luiz de França Roland, é um excelente profissional e que já esteve à frente de mais de 400 (quatrocentos) projetos arquitetônicos, e que sua contratação obedeceu seu direito autoral, por ser o arquiteto que projetou a Câmara e a Prefeitura. 

“O arquiteto Luiz Roland é formado pela FAU-USP – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, Mestre em Arquitetura pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, possui diversas especializações e trabalhos publicados, bem como diversos projetos arquitetônicos e execução de obras, dentre eles o Edifício sede da Prefeitura Municipal de Catanduva e da Câmara Municipal de Catanduva, Edifício do Teatro Municipal São Domingos (Catanduva), Velório e Rodoviária de Pindorama, dentre outros que estão localizados em diversos locais do Brasil”.

O parlamentar informou ainda, que qualquer dúvida que a população tenha sobre o projeto, poderá procurar o arquiteto através de e-mail.

“ O arquiteto Luiz, se colocou à disposição para sanar qualquer dúvida que tenha sobre o projeto. Os interessados deverão entrar em contato através do e-mail: lfroland@uol.com.br”.

O Presidente do Legislativo salientou ainda, que mesmo com a obra de ampliação, a Câmara tem economizado valores expressivos e devolverá ao final do exercício os R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para a prefeitura, independente do que será gasto com a ampliação.

Compartilhe:

Post Author: blogdasonia