O que você julga ser mais importante: Velocidade ou Direção?

Compartilhe:

A resposta pode até parecer óbvia para alguns, mas a realidade é muito distante disso.

Vivemos em uma sociedade com pressa para tudo. Muitos querem respostas instantâneas, soluções instantâneas e felicidade instantânea.

São pessoas consumidas por números, metas, planos, semestres e balanços. Consumidas por pequenos presentes, algumas viagens e migalhas de felicidade que se esgotam em poucas horas. E quando raramente param para refletir sobre a vida, se deparam com um imenso abismo emocional entre elas e as pessoas que lhe são mais caras.

A realidade é que não adianta você acelerar muito, estando no caminho errado. Você só vai chegar mais rápido a lugar algum.

Mesmo sendo algo contra intuitivo, desacelerar é justamente o que fará com que você atinja seus objetivos de vida de forma mais rápida.

Desacelerar seus pensamentos te trará clareza de quais realmente são suas prioridades, de quais vícios abandonar, quais pessoas andar, quais decisões tomar.

E à partir desse nível de clareza, naturalmente você terá mais foco. E com foco, seu nível de ansiedade e stress será completamente diferente. E o resultado final?

Mais qualidade de vida para você e aqueles que ama.

Você gostaria de desacelerar e ter mais foco?

Permita lhe convidar a me acompanhar pelos próximos dias em uma jornada belíssima pelo fascinante mundo da mente humana.

Vamos aprender mais sobre a epidêmica síndrome que atinge as sociedades modernas: a Síndrome do Pensamento Acelerado (SPA).

A SÍNDROME DO PENSAMENTO ACELERADO – SPA

Infelizmente, grande parte das pessoas de quase todas as idades, é acometida em diferentes níveis pela SPA, incluindo as crianças, ora tratadas como gênios, ora como hiperativas.

Essa síndrome pode causar ansiedade, insatisfação crônica, cansaço físico exagerado, sofrimento por antecipação, impaciência, dores de cabeça e dores musculares, problemas de memória e concentração, distúrbios de sono e muitos outros sintomas.

Todos estes sintomas acontecem, pois mesmo quem detesta filme de terror, cria com frequência, um filme fantasmagórico em sua mente. Seu Eu sabota sua tranquilidade.

Por que muitos acordam fadigados?

Porque gastam muita energia pensando e se preocupando durante o estado de vigília.

E os sintomas físicos, por que surgem?

Quando o cérebro está desgastado, estressado, e sem reposição de energia, procura órgãos de choque para nos alertar.

Nesse momento, aparece uma série de sintomas psicossomáticos, como dores de cabeça e muscular, que representam o grito de alerta de bilhões de células suplicando para que mudemos nosso estilo de vida. Mas, infelizmente, não estamos ouvindo a voz do nosso corpo.

Ao longo dos próximos dias, compartilharei mais fundamentoshistórias pessoais e ferramentas, para que você consiga aprender a ouvir seu corpodesacelerar e finalmente encontrar a direção certa para a qualidade de vida que sempre desejou.
 Sobre

 

 

Augusto Cury

Augusto Jorge Cury é um psiquiatra, psicoterapeuta, escritor e cientista brasileiro. Nasceu em Colina, no interior de São Paulo em 2 de outubro de 1958.

Autor de vários livros de grande sucesso no Brasil, é um estudioso sobre as dinâmicas da emoção e da construção dos pensamentos.

Dirige a Academia da Inteligência no Brasil, um instituto de formação para psicólogos, educadores e outros profissionais. À sua atividade, alia ainda a participação em congressos e conferências em diversos pontos do mundo, onde os seus livros estão publicados

Compartilhe:

Post Author: blogdasonia